quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Quietude




E as rosas quietas
de vento vestidas
de branco enfeitadas
num Verão que volta
em revolto canto
em singelo manto
de noite
e de pétalas

1 comentário:

Rose disse...

Lindo demais, o que mais dizer se a beleza já diz tudo em poucas linhas. Aplausos! Visite meu blog,será uma honra te ter lá. http://rose-sousacoracaodefera.blogspot.com/