segunda-feira, 4 de maio de 2009

As rosas dançam


"Claro que as rosas dançam. Fez-me lembrar aquela lendas da menina que perguntava porque é que as rosas estavam murchas. É que tinham bailado a noite inteira e estavam cansadas.
Tal como as rosas, nós extasiados e iluminados pela poesia da dança percebemos que somos os bailarinos que ensaiam o seu próprio destino, encontrando-nos em cada passo adiante, mais conscientes da Eternidade e com a certeza de que podemos voar cada vez mais alto e levar a nossa ajuda cada vez mais longe."

4 comentários:

Daniela disse...

Todas as flores dançam... e acho que a Rosa também, pois tem o ritmo e a melodia no que escreve...
Bj doce

rosa disse...

Que lindo recanto é o seu jardim!

Beijos de paz

Jaime Latino Ferreira disse...

A Dança e a Rosa

Convidei uma rosa
Para dançar
Uma valsa louca
Sempre a rodar
Roda que roda
No jardim imenso
Pisei-a tão tonto
De tanto girar
Virou-se zangada
Cravou-me um espinho
E eu assim
A sangrar
De tanto a amar

Manuela Baptista
Estoril, 7 de Maio de 2009

rosa disse...

Quem chora?

A Rosa, o par da Rosa?

Se calhar choram os dois.

As danças da vida, por vezes, cravam espinhos... nas rosas


Beijos de paz